Novidades

Dicas

EU NÃO LEIO NACIONAIS - POR CAROL S. WAHL

06/12/2021

 

Eu não leio nacionais.

            Aposto que você já ouviu a frase acima pelo menos uma vez na vida. Se não ouviu tenho certeza que ainda irá ouvir. E acompanhado desse preconceito ainda temos o fato que no Brasil cada pessoa lê em média apenas dois livros por ano...

            Esses fatos são suficientes para fazer com que qualquer autor desista muitas vezes antes mesmo de começar. Não existe nada mais desanimador do que ter seu trabalho desvalorizado por pessoas com a síndrome do “tudo que vem de fora é melhor.”

            Mas será mesmo que essa ideia é verdadeira?

            Sempre fui uma leitora assídua e leio os mais variados gêneros, e preciso confessar que há três anos não imaginava encontrar um mundo de autores fora os que eram expostos em livrarias. E foi só depois disso que comecei a me interessar pela literatura nacional contemporânea.       

            Na maioria das vezes, os livros que chegam até nós são os mais lidos pelos estrangeiros. Por isso, é completamente injusto falar que autores internacionais são melhores. Se você mantém sua mente fechada e lê apenas best-sellers, ou seja, a “nata” dos autores estrangeiros, vai se surpreender e achar que todos arrasam. Assim, seu primeiro impulso será sempre desfazer de autores nacionais, afinal, autor de fora nunca erra, não é?

            Só que não...

            É obvio que existem autores de fora que são maravilhosos, mas também existem aqueles que torcemos o nariz assim que lemos seu nome. E isso acontece com os autores daqui também, sempre teremos nossas preferências, e teremos opiniões diferentes e diversas sobre o mesmo autor.

            Talvez eu esteja me enrolando demais, mas resumindo o que quero dizer é: se você só ler lista de mais vendidos vai achar poucos autores que não te agradam, afinal se eles são os mais vendidos é porque conseguiram atingir uma grande massa.

            E talvez você não tenha tido uma experiência agradável com algum autor que leu. Talvez você não tenha encontrado um gênero ou estilo que te agrade e está tudo bem! O que não devemos fazer é generalizar, dar valor mais ao que vem de fora, e deixar de lado nossos autores, que lutam diariamente para crescer em um mercado super desvalorizado.

            Calma, não estou falando que autores nacionais são inferiores e muito menos diminuindo a literatura nacional, afinal eu sou autora! Só estou tentando explicar que esse pré-conceito de que autores nacionais são mais fracos é colocado por terra assim que você percebe que está lendo apenas os livros mais vendidos.

            E temos muitos autores nacionais que são incríveis. Alguns já com mais destaque, outros que estão no comecinho e vários que não foram nem descobertos ainda.

            Também temos autores nacionais em listas de mais vendidos e vemos diariamente novos autores ganhando destaque. Quantas adaptações de obras literárias tivemos de autores nacionais? E muitas vezes você curtiu o filme ou a série e continua a proclamar que não lê nacionais... Engraçado, não é?

            O mercado editorial cresce a passos lentos no Brasil, devido a isso as nossas editoras tem dificuldades em fazer grandes investimentos, tendo que limitar o número de lançamentos. Isso afeta diretamente nos autores iniciantes, que penam para ter a chance de entrar em uma grande editora, já que as vagas são limitadíssimas.

            Por isso, muitos profissionais optam por publicar de forma independente, mas para deixar um livro pronto com capa, diagramação, revisão...é caro. E o retorno desse investimento é lento, muitas vezes não é nem possível tirar o dinheiro que se investiu. E ainda nem comentei sobre a questão do marketing que é a parte mais difícil...

            Então, quando você se deparar com um conhecido, amigo ou outra pessoa querendo vender o livro, trate com respeito. Você não precisa comprar, nem ler, mas tenha respeito. É muito difícil você se dedicar a algo para alguém chegar e te falar: não leio nacionais, sem nem ao menos saber sobre o que livro fala.

            Estamos vivendo em uma época onde devemos repensar sobre nossas atitudes, desfazer de um trabalho é algo mesquinho. Não é muito mais fácil você dar parabéns? Tenho certeza de que tanto você quanto o autor se sentirão bem melhor.

            Eu leio nacionais. Muito. E a cada dia descubro livros maravilhosos que me fazem ter ainda mais orgulho do universo em que escolhi me aventurar.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ME Assessoria Literária Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por pattyrocker
Topo